18

Ler Sobre o Quê? Young Adult #2


Hey amores e amoras! Já fiz um Ler Sobre o Quê? com youngs para vocês, confira aqui!, onde falei do lado bom desse estilo de literatura. Livros fofos, doces, e super levinhos, daqueles que você fica suspirando e rindo feito boba. Mas existem aqueles que nos mostram um lado mais pesado e reflexivo da adolescência. É deles que vou falar hoje.


Com essa vibe à lá Os 13 Porquês, ainda dominando, e com nosso mês especial em homenagem a obra e a estreia da série baseada na mesma, os livros de hoje, trazem como fundo o tema suicídio, bullyng, depressão e todo o lado dark que alguns adolescentes passam nessa fase já tão difícil da vida.

Mas antes, o que é um livro young?


Bom, sem mais delongas, aqui vão as dicas para você que quer ler mais desse estilo! ;)

1. A Playlist de Hayden 

A Playlist de Hayden
Depois da morte de seu amigo, Sam parece um fantasma vagando pelos corredores da escola, o que não é muito diferente de antes. Ele sabe que tem que aceitar o que Hayden fez, mas se culpa pelo que aconteceu e não consegue mudar o que sente. Enquanto ouve música por música da lista deixada por Hayden, Sam tenta descobrir o que exatamente aconteceu naquela noite. E, quanto mais ele ouve e reflete sobre o passado, mais segredos descobre sobre seu amigo e sobre a vida que ele levava. A PLAYLIST DE HAYDEN é uma história inquietante sobre perda, raiva, superação e bullying. Acima de tudo, sobre encontrar esperança quando essa parte parece ser a mais difícil.


2. Antes que Eu Vá 

Antes Que Eu Vá
Samantha Kingston tem tudo: o namorado mais cobiçado do universo, três amigas fantásticas e todos os privilégios no colégio que frequenta: desde a melhor mesa do refeitório à vaga mais bem-posicionada do estacionamento. Aquela sexta-feira, 12 de fevereiro, que seria apenas mais um dia de sua vida mágica e perfeita, acaba sendo seu último — mas ela ganha uma segunda chance. Sete “segundas chances”, na verdade. Ao reviver aquele dia vezes seguidas, Samantha vai tentar desvendar o mistério que envolve a própria morte – e, finalmente, descobrir o verdadeiro valor de tudo o que está prestes a perder.Para comemorar a chegada do filme ao cinema, essa edição especial conta com dois contos inéditos que exploram a vida de Samantha antes dos acontecimentos do livro, fotos de bastidores e uma entrevista da autora com a diretora e a protagonista do filme.


3. A Lista Negra

A Lista Negra
E se você desejasse a morte de uma pessoa e isso acontecesse? E se o assassino fosse alguém que você ama? O namorado de Valerie Leftman, Nick Levil, abriu fogo contra vários alunos na cantina da escola em que estudavam. Atingida ao tentar detê-lo, Valerie também acaba salvando a vida de uma colega que a maltratava, mas é responsabilizada pela tragédia por causa da lista que ajudou a criar. A lista com o nome dos estudantes que praticavam bullying contra os dois. A lista que ele usou para escolher seus alvos. Agora, ainda se recuperando do ferimento e do trauma, Val é forçada a enfrentar uma dura realidade ao voltar para a escola para terminar o Ensino Médio. Assombrada pela lembrança do namorado, que ainda ama, passando por problemas de relacionamento com a família, com os ex-amigos e a garota a quem salvou, Val deve enfrentar seus fantasmas e encontrar seu papel nessa história em que todos são, ao mesmo tempo, responsáveis e vítimas. A lista negra, de Jennifer Brown, é um romance instigante, que toca o leitor; leitura obrigatória, profunda e comovente. Um livro sobre bullying praticado dentro das escolas que provoca reflexões sobre as atitudes, responsabilidades e, principalmente, sobre o comportamento humano. Enfim, uma bela história sobre auto-conhecimento e o perdão.



4. Meu Coração e Outros Buracos Negros

Meu Coração e Outros Buracos Negros
Um tema amargo, mas necessário. Em Meu coração e outros buracos negros, a estreante Jasmine Warga apresenta aos leitores um romance adolescente que aborda, de forma aberta, honesta e emocionante, o suicídio. Aysel, a protagonista, enfrenta problemas com a família e os colegas de escola, como tantos jovens por aí, e, aos 16 anos, planeja acabar com a própria vida. Mas quando ela conhece Roman num site de suicídio, em busca de um cúmplice que a ajude a planejar a própria morte, num pacto desesperado, a vida dos dois literalmente vira de cabeça para baixo. Aos poucos, Aysel percebe que seu coração ainda é capaz de bater alegremente. E ela precisará lutar por sua vida, pela vida de Roman e pelo amor que os une, antes que seja tarde.


5. Por Lugares Incríveis

Por Lugares Incríveis
Violet Markey tinha uma vida perfeita, mas todos os seus planos deixam de fazer sentido quando ela e a irmã sofrem um acidente de carro e apenas Violet sobrevive. Sentindo-se culpada pelo que aconteceu, Violet se afasta de todos e tenta descobrir como seguir em frente. Theodore Finch é o esquisito da escola, perseguido pelos valentões e obrigado a lidar com longos períodos de depressão, o pai violento e a apatia do resto da família.
Enquanto Violet conta os dias para o fim das aulas, quando poderá ir embora da cidadezinha onde mora, Finch pesquisa diferentes métodos de suicídio e imagina se conseguiria levar algum deles adiante. Em uma dessas tentativas, ele vai parar no alto da torre da escola e, para sua surpresa, encontra Violet, também prestes a pular. Um ajuda o outro a sair dali, e essa dupla improvável se une para fazer um trabalho de geografia: visitar os lugares incríveis do estado onde moram. Nessas andanças, Finch encontra em Violet alguém com quem finalmente pode ser ele mesmo, e a garota para de contar os dias e passa a vivê-los.



6. O Último Adeus

O Último Adeus
O Último Adeus é narrado em primeira pessoa por Lex, uma garota de 18 anos que começa a escrever um diário a pedido do seu terapeuta, como forma de conseguir expressar seus sentimentos retraídos. Há apenas sete semanas, Tyler, seu irmão mais novo, cometeu suicídio, e ela não consegue mais se lembrar de como é se sentir feliz. 
O divórcio dos seus pais, as provas para entrar na universidade, os gastos com seu carro velho. Ter que lidar com a rotina mergulhada numa apatia profunda é um desafio diário que ela não tem como evitar. E no meio desse vazio, Lex e sua mãe começam a sentir a presença do irmão. Fantasma, loucura ou apenas a saudade falando alto? Eis uma das grandes questões desse livro apaixonante. 
O Último Adeus é sobre o que vem depois da morte, quando todo mundo parece estar seguindo adiante com sua própria vida, menos você. Lex busca uma forma de lidar com seus sentimentos e tem apenas nós, leitores, como amigos e confidentes.


7. Garotas de Vidro

Garotas de Vidro
Lia está doente e sua obsessão pela magreza a deixa cada vez mais confusa entre a realidade e a mentira. Mas ela perde totalmente o controle quando recebe a notícia de que sua melhor amiga, Cassie, morreu sozinha em um quarto de motel. E o pior: Cassie ligou para Lia 33 vezes antes de morrer.
O que começou como uma aposta entre duas amigas para ver quem ficaria mais magra tornou-se o maior pesadelo de duas adolescentes reféns de seus próprios corpos. 
Ao negar seu problema, Lia impõe a si mesma um regime cruel em que contar calorias não é o bastante. Ao omitir seu desespero, apela ao autoflagelo numa tentativa premeditada de aliviar seus tormentos. Seus pais e sua madrasta tentam ajudá-la a qualquer custo, mas nem mesmo sua doce irmã, Emma, consegue fazer com que Lia pare de se destruir.Agora, Lia precisa encontrar um modo de lidar com todos os seus fantasmas, e a morte de Cassie é um deles.
Garotas de Vidro é uma história intoxicante sobre a autorrepugnância e a busca pela identidade. Neste livro, Laure Halse anderson aborda de modo realista a dolorosa condição de jovens que sofrem de transtornos alimentares e sua complicada relação com o espelho e consigo mesmos.


8. perdão Leonard Peacock

Perdão, Leonard Peacock
Hoje é o aniversário de Leonard Peacock. Também é o dia em que ele saiu de casa com uma arma na mochila. Porque é hoje que ele vai matar o ex-melhor amigo e depois se suicidar com a P-38 que foi do avô, a pistola do Reich. Mas antes ele quer encontrar e se despedir das quatro pessoas mais importantes de sua vida: Walt, o vizinho obcecado por filmes de Humphrey Bogart; Baback, que estuda na mesma escola que ele e é um virtuose do violino; Lauren, a garota cristã de quem ele gosta, e Herr Silverman, o professor que está agora ensinando à turma sobre o Holocausto. Encontro após encontro, conversando com cada uma dessas pessoas, o jovem ao poucos revela seus segredos, mas o relógio não para: até o fim do dia Leonard estará morto. 


9. Todo Dia

Todo Dia
Neste novo romance, David Levithan leva a criatividade a outro patamar. Seu protagonista, A, acorda todo dia em um corpo diferente. Não importa o lugar, o gênero ou a personalidade, A precisa se adaptar ao novo corpo, mesmo que só por um dia. Depois de 16 anos vivendo assim, A já aprendeu a seguir as próprias regras: nunca interferir, nem se envolver. Até que uma manhã acorda no corpo de Justin e conhece sua namorada, Rhiannon. A partir desse momento, todas as suas prioridades mudam, e, conforme se envolvem mais, lutando para se reencontrarem a cada 24 horas, A e Rhiannon precisam questionar tudo em nome do amor.


10. Os 13 Porquês

Os 13 Porquês
Ao voltar da escola, Clay Jensen encontra na porta de casa um misterioso pacote com seu nome. Dentro, ele descobre várias fitas cassetes. O garoto ouve as gravações e se dá conta de que elas foram feitas por Hannah Baker, uma colega de classe e antiga paquera, que cometeu suicídio duas semanas atrás. Nas fitas, Hannah explica que existem treze motivos que a levaram à decisão de se matar. Clay é um desses motivos. Agora ele precisa ouvir tudo até o fim para descobrir como contribuiu para esse trágico acontecimento.

- - -📚- - - 


As indicações de hoje são aquelas pesadas mesmo. O tipo de livro que só deve ser lido quando você está psicologicamente e principalmente, cardiovascularmente preparado! haha. Bom, são leituras que nos fazem pensar, refletir e até enxergara a vida de um outro modo. 

Confesso que tenho medinho de sofrer muito com esse tipo de leitura e por isso, embora tenha alguns dos citados na lista de leituras a fazer, ainda não os li. Dos que escolhi para indicar, li apenas Antes que Eu Vá, Perdão Leonard Peacock, Todo Dia e Os 13 Porquês. 

Desses o que eu considero mais doloroso de ler é o Perdão Leonard Peacock, por seu peso relacionado a vários dos temas citados no início da postagem. Mas todos são leituras de aprendizado e que nos marcam muito! 

Quero ler quase todos os que eu indiquei. Mas e vocês, já leram algum desses? Todos? Nenhum? Conta tudinho aí nos comentários! 


Hey, não vá embora sem me contar o que achou! Sua opinião é super importante para mim. Ah, e não se esquece de se tornar um livreiro, seguindo o blog aqui do lado na sidebar e nas redes sociais! 😉



Mil beijokas e até a próxima! 💋👋

18 comentários:

  1. desses eu so li todo dia, comecei outros ate, mas me dava uma agonia tao grande que nem quis continuar... nao gosto mt de livros que abordam esse tema, me da um aperto no <3 que fica dificil, entao se eu realmente for ler teria que ser que nem todo dia, contando uma historia, mas induzindo a um tema mais serio

    perolasdelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey, Lud!
      "Todo Dia" é vida! haha. Desde a leitura desse, que sou viciada nos livros do autor. Infelizmente, nunca mais encontrei outro livro como ele...
      Eu entendo, dá uma angústia o sofrimento dos personagens né? Parece nosso. Então dá pra ler "Antes que Eu Vá" e "Por Lugares Incríveis".
      Mil beijokas e volte sempre!

      Excluir
  2. Oi
    eu gosto de ler livros desse gênero. Garotas de vidros é bom, sou louca para ler por lugares incríveis..

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey, Dê!
      Eu também gosto do tema. Sofro, mais gosto das reflexões e mudanças internas que ficam, após a leitura. Eu também ainda não li "Por Lugares Incríveis", mas já está na meta de leitura desse ano!
      Mil beijokas e volte sempre!

      Excluir
  3. Oie,
    dos que você postou, não curti muito o Garotas de Vidro e não li ainda o Ultimo Adeus.

    bjos
    Blog Vanessa Sueroz
    Canal no youtube

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey, Vanessa!
      Eu não li "Garotas de Vidro", e confesso que não tenho a intenção. "O Último Adeus" é super hypado né? Me deu vontade de ler, mas também ainda não fiz! haha.
      Mil beijokas e volte sempre!

      Excluir
  4. Oieee!!
    Amei a ideia do post!
    Eu tô lendo Antes que eu vá, tô adorando <3
    Já li Garotas de Vidro que também gostei muito e desses da lista que eu não li e tenho vontade de ler é A lista negra e Os 13 porquês!!

    Beijinhos :*
    Sankas Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey, Thay!
      Que bom que gostou! Fico tão super feliz de saber.
      Ahhh, esse livro é tão querido! Super lindo e sério, e triste...
      Eu não li "Garotas de Vidro" e nem tenho a intenção, porque não me chama muita atenção. "A Lista Negra", me parece um tanto forte demais para mim, mas sobrevivi ao "Os 13 Porquês" então... rsrs. A propósito, é muito bom viu?!
      Mil beijokas e volte sempre!

      Excluir
  5. Oi Anya, tudo bem?

    Eu confesso que não sou super mega fã do gênero, mas alguns da sua lista eu tenho vontade de ler: Os 13 porquês, porque eu amei a série e Por Lugares Incríveis tb me chama bastante atenção. Quero tentar ler os dois em breve! <3

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante
    Sorteio A guerra que salvou a minha vida

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey, Mi!
      Também não sou muito fã do gênero não. Mas tem uns tão lindinhos, mesmo tendo como fundo temas tão sérios e pesados, que não resisto! rs.
      Também quero muito ler ainda esse ano "Por Lugares Incríveis". "Os 13 Porquês" é sensacional! E o considero bem mais leve do que a série...
      Mil beijokas e volte sempre!

      Excluir
  6. Olá!
    Desses da sua lista, eu estou mais curiosa pra ler Todo Dia, acho que já te disse isso, hahah.
    Os outros livros são bem famosos e vejo muito eles por aí, quem sabe não dou uma chance também.

    Beijão
    Leitora Cretina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey, Mô!
      "Todo Dia" é vida Mô! Tenho certeza de que vais gostar!! rs.
      São mesmo! Mas acho que o que eu mais tenho vontade de ler é o "Por Lugares Incríveis". Parece uma gracinha de história!
      Mil beijokas e volte sempre!

      Excluir
  7. Ótimas dicas! Alguns ainda não li, mas estão na minha lista com certeza
    Blog Entrelinhas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey, Felipe!
      Fico feliz que tenha gostado das dicas! Quando ler os que faltam, me conta o que achou!
      Mil beijokas e volte sempre!

      Excluir
  8. Oi
    eu gosto desse gênero, nessa lista tem livros muito tenso, eu recomendo também Fale! um livro muito bom.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey, Dê!
      Eu também gosto do gênero, embora seja realmente tenso! haha. Eu ainda pensei em colocar ele e "Carta de Amor aos Mortos", mas me esqueci! rs.
      Mil beijokas e volte sempre!!

      Excluir
  9. Oi Anya!
    Boas dicas! Desses eu só li Antes que eu vá (me irritou mas no final foi bom) e Todo dia (que amo).
    Eu geralmente evito temas muito pesados, mas quero mudar isso, haha
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey, Carol!
      Fico feliz que tenha gostado! "Antes que Eu Vá" sempre irrita! haha. Mas no final, assim como você, eu achei muito bom. No meu caso, se tornou um dos favoritos. E o que dizer sobre "Todo Dia" né? Livro maravilhoso demais!!
      Eu também costumo evitar, mas no final, dependendo da sinopse e da capa, sempre leio mesmo assim! haha.
      Mil beijokas e volte sempre!

      Excluir

Quer me fazer feliz, ou curtiu a matéria? Comente! Sua opinião é o mais importante! Ah, deixe seu link que terei prazer em retribuir o carinho ;)

Tecnologia do Blogger.