Lidos do Mês: Fim da #MLI2015

Hey amores lindos do meu coração! É hora de fazer o balanço do mês, e ainda por cima, ver como foi que eu me saí na maratona literária de inverno. 


Gente, esse mês foi mesmo uma maratona! Ao mesmo tempo perfeito, e assustador! kk. Antes mesmo de começar a maratona eu li dois livros. E depois que a maratona começou, não pude mostrar meu desenvolvimento por que fiquei doente, saí de férias... eu meio que andei correndo com as leituras, e consegui ler apenas seis dos dez que pretendia. 

De qualquer forma, quebrei meu próprio recorde! \o/ E no fim, somando todos os livros lidos no mês, li oito livros em Julho, e estou muito, muito feliz com o meu feito! \o/ \o/ \o/

Posso dizer que algumas leituras foram melhores que outras. Tive leituras ótimas, boas, e não tão boas assim. Mas foi um mês de novos recordes, de leituras atrasadas e muita correria. Encerrei séries, li livros há muito esquecidos, e ainda conheci novas histórias apaixonantes. Foi ma-ra-vi-lho-so!!!

Não consegui ter um mês mais proveitoso do que isso, porque como comentei antes, estive correndo. Saí de férias na última semana do mês, mas ao contrário do que parece, não parei para me divertir ou descansar de jeito nenhum!! Só resolvi problemas... Foi desgastante. E antes disso, fiquei doente, daí desandou tudo! kkk. Mas estou feliz com o que consegui, e sem mais delongas, vou contar um pouquinho sobre os livros lidos de Julho.  

Como foram dois livros por vontade, e seis da maratona, vou começar com os lidos antes do início da #MLI2015.


Broken Soup Bloom

Bloom é um livro que está na lista a tanto, tanto tempo, que eu quase não acreditei quando o terminei. E quão foi o meu desgosto pela demora a ler o livro, já que ele é simplesmente perfeito! Simplesmente, é a palavra perfeita para descrever o modo como esse livro é maravilhoso. De forma simples. O casal principal é formado por um menino que ainda criança fez parte da vida dela, e que depois foi arrancado abruptamente da mesma. Anos depois ele está de volta. Ferido, não teve tanta sorte quanto ela. Quer dizer, ter o namorado que todos queriam ter, ser popular e rica, é ter sorte não é? Não no caso de Lauren, que tudo o que quer, é ser ela mesma, e a Evan. As duas únicas coisas, que ela não pode ter. Eu amei o livro, e o indico muito! 

Broken Soup é o tipo de livro que começa com aquela falsa calmaria, e vai crescendo diante dos seus olhos. Vai se infiltrando no coração, na mente, emocionando, e por fim, ganha seu coração. Ele não é tão surpreendente como a sinopse faz parecer. Mas ele surpreende em vários elementos que a sinopse não diz. E sinceramente o final fez com que o nó que eu mantinha na garganta durante toda a leitura,esvanece-se em lágrimas. É um livro doce, leve, sobre perdas e ganhos, morte e vida. Mas principalmente sobre o quanto a vida vale a pena, independente das circunstâncias que enfrentamos. 

Durante a maratona...

A Escolhida A Escolhida, foi o primeiro livro lido da maratona. É um livro surpreendente, fruto da linda parceria com a amada Amanda Ághata Costa, e leitura do Clube Entre Leituras. O livro me surpreendeu muito! O que mais me encantou e me deixou apaixonada pela história, foi o modo concreto que a autora desenvolveu seus personagens. Não existe bem ou mal, vilão ou mocinho. A mocinha da história tem um lado anjo e o outro demônio. Mas por hora, seu lado mal é quem manda. E sua vida é movida por tirar as dos outros. Todos os personagens são extremamente humanos, apesar de tudo. Há dois lados, e ambos lutam por seus ideais, ou seja, vai haver guerra! E em se tratando de Ari, eu mal posso esperar para ver quem vence! Só posso deixar aqui minhas mais sinceras recomendações. LEIAM!!! rs.

Eu Estive Aqui  Eu Estive Aqui é mais uma obra prima da Gayle Forman. Essa autora arrasa em seus livros! Fiquei encantada com toda a trama, com os personagens, e ainda mais feliz por não haver traços da falta de sentimento da Mia em nenhum deles! kk.  Na verdade nesse livro, a emoção é mais um personagem da história. A história já começa depois da morte da melhor amiga de Cody. Mas enquanto as coisas se desenrolam, amores vão surgindo, e um clima de suspense e mistério começa a rondar a história. Uma leitura rápida, leve - mesmo com o tema pesado, o livro ainda consegue ser leve - e linda. Uma verdadeira lição de coragem e amor. Um livro que traz como fundo principal o valor da vida. Porque às vezes, mesmo quando tudo parece perdido, sempre há alguém disposto a te puxar para cima. Ou, se você deixar, te afundar de vez. 

Mentirosos Mentirosos. Ta aí um livro que me surpreendeu, por não me surpreender kkk. Eu gostei do livro, gostei da história, e mais ainda, me solidarizei com a dor da Cady. Mas sinceramente no meio do caminho já sabia o que havia acontecido. E quando a confirmação veio, eu não fiquei surpresa, mas triste. É uma história cheia de suspense e com personagens que beiram o paranoico por poder. Os pobres mentirosos, que só queriam viver, tiveram que pagar pelos erros dos pais de uma forma inimaginável. 

Apenas Um DiaApenas Um Ano

Essa duologia da Gayle me pegou de jeito! Gente, que coisa mais linda!! O primeiro, tem um começo meio parado. Todos vão discordar de mim, mas foi o que eu achei... Eles se conhecem em Paris Ahhh Paris! e claro, se apaixonam. Mas depois de Apenas Um Dia, o destino os leva para caminhos completamente diferentes. Mas eles não conseguem seguir em frente, e quando esse tipo de coisa acontece, é porque ainda não acabou... No segundo livro temos tudo pelo ponto de vista de Willem, e como já de costume, eu quase me derreti de amores por ele. O que foi uma surpresa, já que eu não tinha ido com a cara dele no primeiro. Como sempre a Gayle me surpreendendo nos livros narrados pelos meninos rsrs. 

Incendeia-me Eu fiz a leitura desses livros um atrás do outro, literalmente. Ainda não estava totalmente recuperada do fim de Apenas Um Ano quando comecei Incendeia-me. E acho que isso ajudou muito na confusão total, de sentimentos que esse livro causou. Ele chegou feito tsunami, e logo no início começou a levar tudo por onde passava. Eu sorri, chorei, me irritei, me apaixonei, me orgulhei e me frustrei. A mudança é radical, se preparem! A Juliette enfim cresceu, o Adam virou um babaca, e o Warner não é vilão. Sério, eu me senti jogada em outra história, foi como se eu tivesse pulado um livro! Foi estranho rs... Mas ainda assim, foi tão bom ver as coisas se resolverem, embora tenha sido rápido demais. Mas acho que a autora criou um objetivo para a personagem principal e o cumpriu com louvor. Do mais, eu preciso me casar com o Kenji! kkk. Ele roubou meu coração nesse livro. Sempre o achei uma gracinha, mas o meu amor pelo Warner,acabava ofuscando. No entanto, com o final da série, ele se tornou meu personagem favorito, e meu mais novo maridinho... kkk

Esse foi o último gente, uffa! kkk. Bom, minhas leituras foram bem proveitosas né? E vocês, cumpriram a maratona? Quantos livros leram esse mês?

Me digam o que acharam das minhas leituras, e se já leram algum! Espero que tenham gostado ^ ^ 

Mil beijokas e até breve! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quer me fazer feliz, ou curtiu a matéria? Comente! Sua opinião é o mais importante! Ah, deixe seu link que terei prazer em retribuir o carinho ;)

© Nome do seu Blog - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo