{Lá Vem Resenha} A Maldição do Vencedor


Autor: Marie Rutkoski

Páginas: 328

Editora: Plataforma21

Série: Trilogia do Vencedor #1

Título Original: The Winner's Curse


Sinopse: Kestrel quer ser dona do próprio destino. Alistar-se no Exército ou casar-se não fazem parte dos seus planos. Contrariando as vontades do pai - o poderoso general de Valória, reconhecido por liderar batalhas e conquistar outros povos -, a jovem insiste em sua rebeldia. Ironicamente, na busca pela própria liberdade, Kestrel acaba comprando um escravo em um leilão. O valor da compra chega a ser escandaloso, e mal sabe ela que esse ato impensado lhe custará muito mais do que moedas valorianas. O mistério em torno do escravo é hipnotizante. Os olhos de Arin escondem segredos profundos que, aos poucos, começam a emergir, mas há sempre algo que impede Kestrel de tocá-los. Dois povos inimigos, a guerra iminente e uma atração proibida... As origens que separam Kestrel de Arin são as mesmas que os obrigarão a lutarem juntos, mas por razões opostas. A Maldição do Vencedor é um verdadeiro triunfo lírico no universo das narrativas fantásticas. Com sua escrita poderosa, Marie Rutkoski constrói um épico de beleza indômita. Em um mundo dividido entre o desejo e a escolha, o dominador e o dominado, a razão e a emoção, de que lado você permanecerá?




Hey amores e amoras! Sabe quando do nada vem aquela vontade de ler um livro e você cede? Sabe quando isso resulta em uma das melhores leituras da vida? Seja bem-vindo a essa realidade! 



"– A herrani diria que o deus das mentiras deve amar você, você vê tudo com tanta clareza.
Kestrel lembrou-se dos olhos cinzentos e apavorados da mulher.
– Os herranis contam histórias demais. – Eles eram sonhadores. Seu pai sempre dizia que esse era o motivo por que tinham sido tão fáceis de conquistar.
– Todo mundo ama histórias – Jess disse."

A Maldição do Vencedor é um livro surpreendente, mas ouso dizer que seu ponto alto é a originalidade da história. Não há um triângulo amoroso obrigada senhoooooor! kk, não temos uma mocinha boba cheia de sonhos cor de rosa, nem mesmo uma mulher decidida a lutar com todas as suas forças por sua liberdade e revolucionar o mundo.  Aqui temos Kestrel, suas limitações, vaidades, qualidades e defeitos. Ponto! 


"– Sim, que triste seria para você, não? Se perdesse sua moedinha de troca contra o general? Não há o que temer. – Ela abriu um sorriso frágil. – Descobri que sou covarde.
Arin balançou a cabeça.
– É mais difícil viver."

Os personagens são reais de uma forma espantosa. Dá para ficar confuso com eles e sobre eles. Os sentimentos controversos fazem parte desse livro. E como fazem!

Mas essa diferença gritante de outros tantos livros nesse mesmo tema, fantástico/distópico, me encantou além do que eu previa. E surpreendentemente superou minhas expectativas, que eram enormes! Não esperava mesmo, que o livro fosse tão a mais do que eu previa. Fiquei abobalhadamente feliz com isso haha.

Kestrel é uma das melhores personagens de todos os tempos! Na verdade, os louros são todos da autora, que ao invés de criar uma mocinha estereotipada, já que se trata de um YA, criou, literalmente falando, a personalidade de sua personagem. Uma palavra que a definiria muito bem a Kestrel, seria única. Não há um único elemento parecido com as outras mocinhas que já li. Aqui, não há espaço para o clichê.

Ainda muito jovem, Kestrel tem apenas duas opções na vida: casar, ou se alistar no exército. Sim, se alistar no exército! Para muitos esse seria o fim! Mas para o povo de Valória, essa é uma honra inestimável. Principalmente pela grande fama de guerreiros que o povo adquiriu, após conquistar; covardemente, diga-se de passagem; o povo Herrani. 

Mas Kestrel não dá a mínima para nenhuma das duas opções. A menina só tem coração e mente para a música. Mas por ter sido a música, muito valorizada pelos herranis, essa paixão torna-se uma afronta a seu povo. Mas sendo isso tudo o que queria para si, o que fazer? Casar-se, e viver para o marido, casa e filhos? Ou, alistar-se no exército e lutar batalhas que não são suas? Seja qual for a escolha, Kestrel tem certeza apenas de uma coisa, será muito infeliz. 


“A felicidade depende de ser livre”, o pai de Kestrel sempre dizia, “e a liberdade depende de tercoragem”.

Arin é um escravo. Outrora um menino de alta classe social. Um herrani. Depois de ter visto toda sua família ser assassinada, com a tomada de seu reino por valorianos, tem apenas um propósito: retomar seu reino, destruir Valória, vingar seus mortos. Kestrel e Arin, não tem nada em comum. A não ser o fato de não negarem uma boa luta, caso o assunto seja seu povo... 


"Ele merece o que receber"

Em um dos seus passeios com sua melhor amiga, Kestrel acaba adquirindo Arin. Por que? Simples, o comerciante disse que ele cantava. E ela não conseguiria aguentar por muito tempo assistir a alguém ser tratado como objeto. Exatamente por isso, Kestrel paga um preço exorbitante pelo escravo. Causando grande comoção, sobre o motivo da compra...

Assim que seus caminhos se cruzam, suas vidas e batalhas, ficam definidas. Não há como voltar atrás. Mas não há como evitar que em uma batalha por reinos, justiça, pessoas e orgulho, dois corações jovens e machucados, venham a se apaixonar... Esse livro é apaixonante! Sinto que posso falar dele a vida inteira, e ainda não será suficiente! 

Kestrel me cativou de um jeito, que não sei como explicar. Quis guardá-la num potinho, defendê-la e ajudá-la. Mas em alguns momentos, é claro, também quis dar-lhe uns bons bofetes e gritar com ela. o que eu fiz, por sinal... A loka! kk Suas decisões foram as piores possíveis, e para uma ótima jogadora e excelente estrategista, ela apenas me pareceu boba, mimada e assustada... não sou obrigada! 


"Se ela não saísse daquela casa agora, trairia a si mesma. Acabaria se entregando a alguém cujo beijo do baile de Primeiro Inverno a tinha levado a crer que ela era tudo que ele queria, sendo que, secretamente, a vontade dele era virar o mundo de cabeça para baixo para que ele estivesse no topo e ela na base."

Tendo sido criada por uma ama, após a morte da mãe, Kestrel adora seu pai. Porém, ultimamente, ele só tem falado sobre a filha se alistar no exército. Ideia que a assusta até a morte. Kestrel é péssima com armas! - Primeiro ponto para a autora! - Como eu disse, não temos absolutamente nada de clichê nela... Ela não sabe lutar. Embora tenha sido treinada para isso a vida toda. Seus conhecimentos na arte da luta são básicas. Mas nem um terço do suficiente para sobreviver à uma batalha...

Em compensação, Kestrel é uma estrategista excelente! Sabe blefar, jogar e é competitiva como ninguém. Não há quem a vença em uma mesa de jogos. E seu piano é seu diário. Onde através de notas, ela derrama seu coração... Tem como não amar essa protagonista? Totalmente diferente de tudo que eu já li!! 


"Não, gosto dos planos como estão. Com você no seu lugar e eu a cinquenta passos de distância."

Adorei o fato da mocinha ser incrível nos jogos, blefes e estratégias. Não ter aquele afã por ser a girl power da história. Não ter aquela vontade de salvar o mundo, aquele ímpeto de se defender, o poder de se tornar a garota badass, da noite para o dia. Nada de super poderes, qualidades de lutas, nem mimimi. A personagem é extremamente equilibrada, crível, real...

Já Arin é o contrário de Kestrel. Impetuoso, sério, objetivo e explosivo. É sensacional o modo como o personagem se rebela na frente de quem quer que seja, quando se incomoda com algo. O modo como ele vai do amor ao ódio, num mesmo momento. O modo como ele consegue enganar, com sua pose de turrão, a história triste, a culpa e a vergonha que carrega. 


"Embora não pudesse afirmar que sabia o que estava acontecendo, ele entendeu que algo tinha mudado e, na sua cabeça, só havia uma pessoa capaz de mudar seu mundo."

Embora todo montado no papel do menino mau, Arin tem um coração enorme. Bondoso, afetuoso e muito justo, não desiste de sua causa, nem mesmo quando isso o faz desistir de seu direito de amar. Um personagem extremamente cativante e difícil de resistir... haha. meu novo crush literário com certeza!! Depois que a história realmente engaja, vemos um lado dele que não imaginávamos conhecer... Seu lado apaixonado. Mas como lutar por um amor que impede a luta por seu povo? 


"Minha alma é sua – ele disse. – Você sabe."

Os personagens secundários são muito bem explorados. O pai de Kestrel e seus amigos, e até o seu inimigo. Assim como o líder da revolução, cujo Arin é o braço direito. Todos com uma função clara, somam muito junto a trama. Na verdade, me arrisco a dizer que alguns, ainda terão muito a mostrar...


Embora o livro demore um pouquinho a desenvolver, até torna-se viciante, essa foi uma leitura rápida, fluida. A narrativa é muito sedutora e extremamente inteligente. O lado político e cultural é fascinante. E os temas abordados são tão bem descritos que não tem como não se sentir parte do que se lê. 


E a melhor parte, a virada surpresa que o livro dá do meio, para o final. Algo que eu realmente não esperava e que quando li pensei: O que essa autora vai fazer agora?? É muito cedo! WTF!! Mas, brilhantemente, Marie fechou o livro com chave de ouro...

Uma distopia/fantasia com pinceladas medievais. Um romance conflitante, que exige uma escolha entre o próprio povo e o coração. Um livro sobre coragem, escravidão, justiça, política e povos apaixonantes. A guerra está só começando, mas Kestrel já prometeu vencê-la, jogando... Será que o amor, assim como a guerra, pode ser vencido? Ou esse é só mais um caso da maldição do vencedor? 



"Ela inspirou o ar frio e quis ser como aquele sopro: uma pureza implacável e gélida."

Leitura mais do que indicada para quem é fã de distopia, romance, fantasia, enfim, de ler! Já estou desesperada pela continuação e já ouvi falar muito bem a respeito. Portanto, não percam mais tempo comigo e corram para ler!! 



"Kestrel tinha comprado uma vida, se apaixonado por ela e a vendido."

Espero que tenham gostado e que me contem o que acharam, se já leram, ou querem ler, aí nos comentários!

Mil beijokas e até breve! ^ ^

44 comentários:

  1. Que ótimo!
    Um livro pé no chão e surpreendente ainda? Nada melhor hahaha
    Parabéns pela resenha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey!
      Exatamente!! Você definiu muito bem tudo o que a história é. Bem pé no chão e surpreendente...
      Realmente, nada melhor! É muito amor por esse livro! haha. Obrigada!!
      Mil beijokas e volte sempre!!

      Excluir
  2. Oi Ania, tudo bem? Mulher definitivamente preciso ler esse livro. Só leio comentários positivos e com uma resenha incrível dessa não da outra ne? Parabéns!
    http://www.facesemlivros.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey, Faby!
      Tudo ótimo linda e você?
      Hahaha sim você precisa! E depressa! kkk. É muito bom mesmooooo, vale todos os comentários positivos que recebeu e os que ainda vai receber haha.
      Awwwnt, obrigada! Fico imensamente feliz que tenha gostado da resenha!
      Mil beijokas e volte sempre! :*

      Excluir
  3. Oi Anya <3
    Essa capa é maravilhosa, me conquisto de primeira <3
    Sua resenha como sempre está ótima, mas eu preciso confessar que já estou doida para ler esse livro, desde o dia que você me fez a maior propaganda pelo chat do Face kk
    Confesso que ate gosto de um triangulo amoroso, mas vai ser legal ler algo que não tem isso presente. Aproveitando esse momento, vou te indicar uma coisa leia As Peças Infernais, os únicos livros que tem um triangulo amoroso que realmente vale a pena, pois é maravilhoso, super indico kk
    Parabéns amore e quando eu ler eu te conto o que achei, beijoos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey, Maria!
      Essa capa *O* haha.
      Menina, eu surtei mesmo com essa leitura. A propaganda foi grande né? kkkk.
      Odeio triângulos amorosos! Muito mesmo!! kk. Por isso, esse livro foi um bálsamo... haha.
      Sério? Menina, nunca vi isso na vida! Tinha tanta vontade de ler algo da Cassandra, mas me desanimei de instrumentos mortais. Porém, como o que você está falando é apenas uma trilogia, acho que vou ali correndo adquirir os meus! kkk. Vou ler sim! Pode deixar que eu te conto depois! E obrigada pela dica! ;)
      Estou ansiosa pela sua opinião sobre Kestrel e Arin. Estou com a sensação de que vais amar... haha.
      Mil beijokas linda e volte sempre!!

      Excluir
  4. Olá, tudo bom?
    Já vi sobre esse livro e julguei ser apenas mais um romance, mas parece que a história vai além disso. Gosto desses livros onde a mocinha não é apenas a mocinha e mostra ser capaz de muitas coisas. A história me chamou atenção.
    Até mais!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey, Felipe!
      Que bom que ficou interessado! O livro realmente é muito mais do que aparente. Uma história principalmente sobre justiça e vingança, em que mesmo existindo romance, não há espaço para isso sabe? Os personagens se gostam, mas não abrem mão da justiça e seu povo. Adorei isso!
      Espero que leia e goste tanto quanto eu. Se ler, me conta o que achou depois! ;)
      Mil beijokas e volte sempre!!

      Excluir
  5. Oii, tudo bem?
    Infelizmente dessa vez a obra em si não despertou meu interesse, não consigo gostar desse tipo de livro e achei a história meio chatinha, parabéns pela resenha e seu blog é lindo <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey, Morgana!
      Uma pena que não tenha ficado interessada, o livro é realmente muito bom. Mas, é questão de gosto realmente.
      Fico feliz que tenha gostado da resenha e do blog. <3 <3 <3 Muito obrigada pelo carinho!
      Mil beijokas e volte sempre!!

      Excluir
  6. Capa maravilhosa e enredo igualmente instigante <3 Super adicionei na minha estante no Skoob porque a vontade de ler veio com força!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey, Nicolle!
      Não é? Essa capa é de arrasar o coração. Já não gostei tanto da segunda e terceira, mas nem tudo são flores, não é mesmo? kkk.
      Espero que curta a leitura tanto quanto eu! E quando ler, vem me contar o que achou!
      kkkkkk Que bom que se animou para ler logo, comigo foi assim também. A vontade de ler veio com força e eu corri para acatar, não me arrependo! haha.
      Mil beijokas e volte sempre!!

      Excluir
  7. Oie Anya,

    Fiquei apaixonada com a tua resenha e a maneira que vc desenvolveu o enredo. hahah Saber que o menino mau tem um coração bondoso me deixa mais que feliz! Um personagem que de fato nos motiva a realizar a leitura de um livro.
    Parabéns

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey!
      Awwwwnt, voc~e não sabe o quanto fico feliz de saber que gostou da resenha! <3
      O Arin é aquele tipo de cara, por quem é inevitável sofrer um crush sabe? kkk. Ele com certeza vale a leitura toda! haha.
      Se ler, me conta o que achou!
      Mil beijokas e volte sempre!!

      Excluir
  8. Olá,

    Que coincidência, colocamos a mesma resenha haha <3. Eu também amei esse livro, já tinha ficado intrigada com a sinopse e a capa, depois que li a obra fiquei ainda mais apaixonada com a premissa. Preciso muito do próximo volume, que aliás já está a venda né? Gostei muito das suas impressões sobre o livro.

    Abraços,
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey, Vivi!
      Não é? hahahaha. Morri de rir, quando vi! Mas adorei, já que não canso de falar sobre o livro! kk.
      Duas! A capa me encantou muito e a sinopse, me levou a beira da loucura pelo livro. Quando li... <3 <3 <3 haha.
      Eu preciso muuuuito do próximo! Realmente, já está em venda. Preciso do meu logo!
      Fico feliz que tenha gostado! Já estou ansiosa pela sua resenha sobre o segundo volume.
      Mil beijokas, obrigada pela visita e volte sempre!!

      Excluir
  9. OOi!
    Acabo de ler uma resenha do livro em outro blog, e a cada que vejo minha vontade só aumenta, kkkkk. A premissa dele é ótimaa, amo os gêneros... Já até adicionei aos que quero ler la no skoob. haha
    Espero ter a oportunidade de lê-lo em brevee!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey, Catrine!
      Haha, o livro está mesmo fazendo um enorme sucesso entre os leitores. Mas também pudera, é muito, mas muito bom mesmo!! kk.
      Sério? Eu também sou apaixonada por esse tipo de história... <3
      Quando ler, vem me contar o que achou! *o*
      Mil beijokas e volte sempre linda!

      Excluir
    2. Sem falar dessa capa, não? LINDAAA! kkkkk

      Excluir
  10. Gente, sou apaixonada por essa capa ♥
    Adorei sua resenha!!
    Vou procurar esse livro e colocá-lo na listinha (infinita) hahah <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey!
      Essa capa...*O*
      Obrigada!! Fico super feliz que tenha gostado da resenha!! <3
      Coloca sim! haha. E quando ler, vem me contar o que achou! ;)
      Mil beijokas e volte sempre!!

      Excluir
  11. Oi Anya! Nossa, eu já tava curiosa para ler este livro por causa dessa capa linda! Agora que fiquei sabendo que se tornou um dos seus preferidos, fiquei ainda mais curiosa! Amei a resenha!
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey, Natí!
      Como está linda??
      Realmente essa capa chama muita atenção né? As outras da trilogia nem tanto, mas essa... *o*
      Ahhh, vai ser favorito ever! É muito bom, você tem que ler! Acho que vai gostar.
      Quando ler, vem me contra o que achou! ;) Fico imensamente feliz que tenhas gostado da resenha <3.
      Mil beijokas e volte sempre!!

      Excluir
  12. Oi Anya <3
    É muito bom não ter um triangulo amoroso, assim a gente não precisa escolher alguém kk
    Realmente parece uma estória incrível, é tão bom esse sentimento de ficar maravilhada com um livro né? haha
    Adorei a resenha! Beijão <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey, Jhe!
      Ahhhhh, é bom demais! Eu ODEIO triângulos amorosos, porque sempre acabo torcendo para a pessoas errada. A história é sim sensacional, super recomendo viu?! haha.
      Ahhh, eu que o diga amiga! O melhor sentimento do mundo!!
      Fico feliz que tenha gostado da resenha *o*
      Volta sempre sua linda!!

      Excluir
    2. Cada resenha que eu leio desse livro, mais vontade eu tenho de lê-lo, sério. Você me convenceu que eu preciso desse livro pra ontem na estante.

      http://laoliphant.com.br/

      Excluir
    3. Hey, Débora!
      Hahaha, não sabe o quanto me alegra a me dizer que te convenci! Já estou virando garota propaganda do livro, de tanto que falo dele para todo mundo! haha. Espero realmente que goste, tanto quanto eu amei.
      Quando ler, me conta o que achou!
      Mil beijokas e volte sempre!!

      Excluir
  13. Desde o lançamento que tenho namorado o livro. Toda resenha que leio é unânime em dizer que foi uma das melhores leituras do ano. E eu aqui, sem grana extra... Acho que o sucesso do livro está justamente no fato de que a protagonista não tem clichê algum, e tenho de concordar, isso p mim é ótimo, não tenho mais paciência com muitos clichês... Quem sabe com uma promoção eu consiga comprar logo os 2 livros juntos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey, Nuccia!
      Hahaha, sei como é isso! O livro merece todos os elogios que recebe e eu super indico a leitura!
      Exato! A personagem é realmente extremamente diferente de tudo que já vimos, e cá entre nós do que eu já estava de saco cheio de ler.
      É verdade! Estou rezando por uma promo por aqui também! kkk.
      Mil beijokas e volte sempre!
      P.S.: Quando ler, vem me contar o que achou! ;)

      Excluir
  14. É a segunda resenha que leio recentemente sobre esse livro e confesso que me interesso cada vez mais. Não curti a capa, mas o enredo e o gênero são muito bacanas, e é isso que vale :)
    Ótima resenha.

    Abraço;

    http://estantelivrainos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey, Rodrigo!
      Realmente, o livro está fazendo muito sucesso! E o enredo, vale super a pena! Espero que leia ;)
      Mil beijokas e volte sempre!

      Excluir
  15. Oiee Anya ^^
    Yey! Uma personagem que não corre atrás de homem e que não quer salvar o mundo! Finalmente...haha'
    Minha irmã queria porque queria comprar esse livro, então acabamos pegando ele e o segundo na bienal, mas ainda não o li *-* saber que você gostou tanto e que a história é tão incrível assim me deixou doidíssima! Eu adoro distopias, e adoro ainda mais quando os autores dão a louca e viram tudo de ponta cabeça.
    MilkMilks ♥
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey, Dryh!
      Não é? kkkkkkkkk. Realmente, Kestrel, é sem igual!
      Ai. Meu. Deus! Já estão como os dois? Perde mais tempo não linda, corre e já lê um atras do outro! haha.
      Duas! Sou apaixonada por distopias, é meu gênero favorito. Então você vai adorar esse! Já que quando tudo parece ter um rumo traçado a a autora dá uma cambalhota na história! kkk.
      Mil beijokas linda e volte sempre!

      Excluir
  16. Preciso desse livro, desde que vi a capa pela primeira vez.
    Super aposto que vou gostar, parabéns pela resenha <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey, Thata!
      Precisa siiiiim! haha. Também acho que vai gostar, na verdade, acho muito difícil alguém desgostar dessa história.
      Obrigada inda!
      Mil beijokas e volte sempre!!

      Excluir
  17. Oiii!!!
    Eu também li esse livro e simplesmente AMEI! Também acho que a Kestrel é única e especial. Ela não fazia nada que fosse previsível, muito pelo contrário. Ela só não era decidida, nova demais também para ter que decidir o que ela queria ser pelo resto de sua vida. Eu não vejo a hora de ler a continuação, a história terminou no momento certo. Tenho certeza que o livro dois será incrível.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey! Cris!
      É tão bom saber que mais alguém amou! *--*
      Não é? Concordo em absolutamente tudo com o que você falou. Duas! preciso dessa continuação para ontem!! O coração chega acelera só de imaginar o que me espera... haha.
      Mil beijokas e volte sempre linda!

      Excluir
  18. Oiiie
    Bela resenha, parece ser um bom livro e o enredo está muito legal, espero com certeza ler em breve, dica anotada

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey, Catharina!
      Oba! Fico feliz que resolveu ler em breve! O livro é ótimo e sei que você não vai se arrepender!
      Quando ler me conta o que achou!! ;)
      Mil beijokas e volte sempre!!

      Excluir
  19. Olá!
    Já tinha visto esse livro, mas nunca parei para ler resenha ou comentários. e fiquei curiosa, já que você falou tão bem da personagem que tem um diferencial das que estamos acostumada a ler, a história também é bem diferente. Anotei a dica!

    beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey, Tahis!
      É meeeega diferente de tudo que eu já li, e posso afirmar com quase 100% de certeza, que é diferente do que você já leu também! Como eu disse, não tem espaço para os clichês sabe? É uma ótima pedida! Eu também não li muito a respeito dele, fui na louca e me apaixonei! haha.
      Quando ler, vem me contar o que achou?!
      Mil beijokas linda e volte sempre!!

      Excluir
  20. Oi!
    Não conhecia o livro mas já estou louca para ler!!! Que resenha incrível vc fez, me deixou saltitante de curiosidade, rsrsrs. Eu amo livros em que os personagens não são esteriótipos e sim como pessoas reais, com defeitos e qualidades. Acho que isso traz mais realidade para o enredo e nos aproxima da história.
    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey, Nina!
      Sério que não conhecia? É muito bom! Super recomendo viu? Obrigada! Fiquei com o coração aqui em pulos com esse seu comentário! Espero que você o leia em breve e por favor, venha me contar o que achou. Eu super concordo com você. O fato do personagem não ser estereotipado realmente nos aproxima da história.
      Mil beijokas e por favor, volte sempre!

      Excluir

Quer me fazer feliz, ou curtiu a matéria? Comente! Sua opinião é o mais importante! Ah, deixe seu link que terei prazer em retribuir o carinho ;)

© Nome do seu Blog - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo